DICAS PARA FINANCIAR APARTAMENTO E CASA

Durante toda vida a maioria das pessoas só compram imóveis 1 ou no máximo 2 vezes. Por isto é a compra mais difícil, que exige mais cuidado, mais atenção e mais informação. Não existe espaço para arrependimento e erros, afinal de contas esta também será o produto mais caro que você irá comprar.

Existem algumas dicas importantes para você que pretende comprar imóveis nos próximos meses ou anos possa fazer isto da melhor forma, principalmente se não tem dinheiro e pretende comprar financiado.

1. Simulação de vida com financiamento
Pagar um financiamento na maioria das vezes significa um sacrifício que será sofrido por toda família. Faça uma reunião na sua família para conversar sobre isto. Até 30% da sua renda familiar poderá ser comprometida com o financiamento. Isto significa que do dia para a noite sua renda irá cair e você terá que sobreviver com esta mudança por décadas. O ideal é que durante 6 meses ou 12 meses você faça o exercício de simular a vida sem estes 30%. Todos os meses retire 30% da sua renda e guarde em uma poupança ou fundo de renda fixa. Tente viver sem este dinheiro. Toda a família terá que colaborar. Se durante estes tempo você conseguir sobreviver feliz, sem brigas, sem problemas financeiros, então você está preparado para enfrentar o financiamento. Já se conflitos existirem você terá que se organizar para cortar gastos e adequar seus custos mensais com a sua nova renda, ou terá que procurar alternativas para aumentar sua renda familiar. E isto se faz mudando de emprego, trabalhando horas extras, iniciando um negócio em casa que permita ganhar dinheiro depois que você chega do trabalho, quem sabe abrir um pequeno negócio.

2. Defina onde você quer morar e onde você pode morar
Querer morar em um determinado bairro ou em um tipo de imóvel é direito de todos. O problema é que querer nem sempre é poder. Você precisa definir na sua cabeça que tipo de imóvel, que bairro e que preço você poderá comprar. Muito cuidado com as emoções. É melhor que você escolha um imóvel mais simples e barato para manter sua qualidade de vida e sua estabilidade financeira do que arriscar um imóvel mais caro para depois viver a vida infernal do devedor que dorme a acorda com medo de ser despejado por não conseguir pagar as prestações. E hoje em dia basta 3 meses parcelas do financiamento atrasadas para que o banco faça um leilão do seu imóvel. E o que não faltam são pessoas que compram imóveis em leilões com o morador dentro. Depois elas providenciam o despejo e colocam o imóvel para vender.

3. Aprenda a juntar dinheiro
Aproveite a simulação de vida com financiamento que você irá fazer para juntar dinheiro. É fundamental que você tenha no mínimo 20% do valor do imóvel guardado para dar de entrada. Os bancos atualmente não financiam 100% do imóvel e isto nem é indicado. O ideal mesmo seria você pagar o máximo possível de entrada, algo em torno de 50% do valor do imóvel ou mais. Com isto você financiaria uma parte pequena, pagaria menos juros, teria parcelas menores, ficaria menos tempo pagando prestações. Se você não sabe juntar dinheiro existe um bom livro chamado “Como Investir Dinheiro” que ensina como e onde guardar dinheiro para juntar e depois comprar aquilo que você deseja.

4. More de aluguel ou de favor antes de financiar
Se você é jovem, mora com seus pais, aproveite esta situação. Junte o máximo possível de dinheiro enquanto mora com seus pais para poder dar entrada na sua casa. Não caia na besteira de sair da casa da sua família para morar de aluguel, os custos são muito elevados e o dinheiro que você gastará a toa fará falta na hora de comprar seu imóvel. Aproveite a hospitalidade dos seus pais. Já se você caiu na besteira de casar e sair da casa dos seus pais para morar de aluguel, ainda existe uma solução. More em um imóvel de padrão inferior a sua condição financeira. Não faça a bobagem de morar em um imóvel com padrão elevado, em bairros caros, em lugares onde você nunca terá condições de morar. O ideal é que você mantenha seu padrão de moradia em um nível abaixo do que você pode pagar para que sobre o máximo de dinheiro possível no final do mês para que você possa juntar. Escolha um imóvel para alugar perto do seu trabalho ou que ofereça boas opções de transporte público. Desta forma, além de economizar com o aluguel você ainda economizará com o transporte.

5. Faça simulações de financiamento
O ideal é que você faça inúmeras simulações nos mais diversos bancos. Existe a simulação de financiamento no site da Caixa, mas outros bancos também financiam imóveis e devem ser consultados até para que você possa fazer comparações. Financiar um imóvel é coisa séria e a operação é de risco. Se você for demitido, se acontecer alguma coisa no futuro que faça sua renda familiar cair, o banco não terá pena de você. Não adiantará falar para o banco que você está desempregado, que está doente, que sofreu um acidente, o banco não tem coração. O seu imóvel será tomado e leiloado e você ficará sem o imóvel, sem dinheiro e com uma dívida para pagar. Isto porque existem casos onde a dívida é tão elevada que o dinheiro arrecadado no leilão não é suficiente para pagar a dívida. Com isto além de perder a casa você ainda fica devendo.

6. Não compre imóveis de padrão superior ao seu
Tome cuidado com o tipo de imóvel que você vai comprar. Eu já vi pessoas humildes comprando imóveis de padrão elevado só porque iriam pagar o financiamento em 35 anos e em suaves prestações. O problema é que elas não contavam que teriam que pagar um condomínio de R$ 700,00 por toda vida. Imóveis de padrão elevado possuem condomínios caros. E com o passar dos anos, a medida que o imóvel vai se desgastando o preço do condomínio tende a subir ainda mais. Compre um imóvel de padrão equivalente ou inferior a sua renda familiar.

7. Procure se informar sobre comprar o imóvel com segurança
Comprar imóvel é muito perigoso, arriscado e burocrático. A justiça e o PROCON estão lotados de reclamações de pessoas que comprarem imóvel sem se informarem direito sobre os procedimentos de segurança. Muitos falsos corretores, imobiliárias e construtoras acabam abusando do consumidor, não respeitando os direitos do código de defesa do consumidor e em alguns casos até cometem crimes graves. Você pode evitar este tipo de problema se procurar informação. Eu recomendo que você adquira o Livro Negro dos Imóveis, veja como baixa-lo na internet. Ninguém deveria comprar imóveis antes de ler este livro.

8. Pague menos juros possível
Existem pessoas que fazem o financiamento olhando só o valor da parcela. Com isto elas acabam comprando um imóvel e pagando por dois imóveis. Um é o dela, o outro é o imóvel que ela dará para o banco de presente por ter pegado dinheiro emprestado. Financie a menor parte possível. Junte o máximo possível.

9. Financiamento custa caro
Para comprar um pequeno apartamento novo de 60 metros quadrados em um bairro bom de uma grande capital é necessário R$ 400 mil ou mais. Com o mesmo valor você pode comprar um imóvel usado com o dobro de tamanho em um bairro mais afastado. Também é possível optar por uma casa em um bairro menos central mas onde existem meios de transporte. Financiar um imóvel de 400 mil para pagar em 20 anos significa ter que juntar primeiro 80 mil no banco para pagar entrada. Como a sua renda familiar comprometida não pode passar de 30% seria necessário que a soma dos salários da sua família (esposa, marido, filhos) fosse superior a R$ 14.000,00.

Se você tem algum amigo ou amiga que pretende comprar imóvel nos próximos meses compartilhe estas dicas.

Se você deseja aprender como comprar seu primeiro imóvel baixe o Livro Negro dos Imóveis. Se gostaria de aprender a ganhar dinheiro investindo em imóveis baixe o livro Como Investir em Imóveis. Se você está com dúvida se comprar um imóvel financiado agora é um bom negócio baixe o Livro Negro do Financiamento de Imóveis.
Para ser avisado quando novos como este forem publicados cadastre seu e-mail clicando aqui ou assinar nosso feed. Compartilhe este artigo com seus amigos no Facebook, Twitter, Google e por e-mail:
Se desejar continuar pesquisando mais conteúdo e informações sobre este tema faça uma busca personalizada utilizando o formulário abaixo:
Você pode ser avisado sempre que um novo artigo for publicado neste site. Para isto cadastre seu e-mail no campo abaixo e depois verifique a mensagem de confirmação que iremos enviar.

E-mail: Delivered by Google FeedBurner

Deixe seus comentários