COMO COMPRAR IMÓVEL COM FGTS

O FGTS pode ser usado para ajudar na compra da casa própria e muita gente tem recursos no Fundo de Garantia do Tempo de Serviço disponível para esta finalidade. É importante destacar que o FGTS só pode ser usado na compra de imóvel residencial.

A maioria das pessoas utiliza o FGTS para dar aquela entrada na compra de um novo ou usado. Quem já está pagando um financiamento pode usar o FGTS para fazer um abatimento na dívida. Quem já está pagando o financiamento a muito tempo e está prestes a quitar, pode usar o dinheiro do FGTS para zerar o saldo devedor. Também é comum usar o FGTS para pagar parte de cada parcela do financiamento.

O problema é que para usar o FGTS é necessário seguir diversas regras Caixa Econômica Federal. A primeira regra diz que é necessário ter contribuído no FGTS por pelo menos três anos. Não precisa ser uma contribuição consecutiva, ou seja, por 3 anos seguidos, o importante é que a soma do tempo de contribuição já tenta completado 3 anos.

Outra limitação é com relação ao preço do imóvel, ele não pode custar mais de R$ 500 mil. Outra questão que deve ser observada é que você não pode ter nenhum financiamento ativo no Sistema Financeiro de Habitação (SFH) nem ser dono de outro imóvel, concluído ou em construção. Desta forma, as pessoas que já possuem um imóvel não podem usar o FGTS para ajudar a comprar outro. Assim você só consegue usar os recursos do FGTS para esta finalidade uma vez na vida.

O imóvel que você pretende comprar precisa ser obrigatoriamente na cidade em que você mora atualmente. Então se você está prestes a se mudar para outra cidade, não vai poder adiantar a compra do imóvel usando o FGTS como entrada já que o imóvel está localizado em outra cidade.

Se o FGTS está em seu nome, o imóvel que vai ser comprado também precisa estar em seu nome. Para usar o FGTS para reduzir a sua dívida ou quitar as prestações do financiamento precisam estar em dia e não ter usado o FGTS para nenhum fim nos últimos dois anos. No caso de redução de parcelas é possível ainda reduzir em até 80% o valor de cada parcela. Mas existe um limite de 12 parcelas consecutivas. O processo pode se repetir até que seja sacado todo o Fundo.

Existe uma desvantagem em usar o FGTS para financiamentos fora da Caixa Econômica Federal. O problema é o pagamento de taxas. Esses encargos, que incluem os custos de intermediação da Caixa, variam de R$ 250 a R$ 1.350, dependendo do valor do imóvel.

Se você deseja aprender como comprar seu primeiro imóvel baixe o Livro Negro dos Imóveis. Se gostaria de aprender a ganhar dinheiro investindo em imóveis baixe o livro Como Investir em Imóveis. Se você está com dúvida se comprar um imóvel financiado agora é um bom negócio baixe o Livro Negro do Financiamento de Imóveis.
Para ser avisado quando novos como este forem publicados cadastre seu e-mail clicando aqui ou assinar nosso feed. Compartilhe este artigo com seus amigos no Facebook, Twitter, Google e por e-mail:
Se desejar continuar pesquisando mais conteúdo e informações sobre este tema faça uma busca personalizada utilizando o formulário abaixo:
Você pode ser avisado sempre que um novo artigo for publicado neste site. Para isto cadastre seu e-mail no campo abaixo e depois verifique a mensagem de confirmação que iremos enviar.

E-mail: Delivered by Google FeedBurner

Deixe seus comentários